ASSEX - IEDE
sobre a assex notícias eventos informações científicas fale conosco voltar para home



  • todas as publicações



Dra. Carmen Regina Leal de Assumpção

CASO CLÍNICO / SESSÃO CIENTÍFICA

Dra. Carmen Regina Leal de Assumpção
Presidente Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Jayme Rodrigues-CEA



J.K.C.B., 2 anos e 1 mês, masculino, branco, natural de São João de Meriti, residente no Rio de Janeiro, trazido pela mãe, fichado em 06/05/2013, nascido em 13/03/2011.

  • Q.P.: “aumento de peso”.
  • H.D.A.: Mãe relata que a criança apresentou aumento de peso progressivo a partir dos 6 meses de vida. A criança foi avaliada por um pediatra que solicitou dosagens hormonais: Cortisol < 1,0μg/dl (1ª dosagem) f (VR: 5 a 25μg/dl) Cortisol = 4,5μg/dl (2ª dosagem) f ACTH = 5 pg/ml (VR: 5 a 46 pg/ml)
  • H.P.P.: Episódio de broncoespasmo com 1 ano. Apresentou diversos episódios aos 2 anos, acompanhados de tosse seca e com piora no inverno. Medicamentos: Uso de pomada para líquen plano (bepantol e pasta d’água, pomada com corticóide?). Uso de Predsim 2 mg/Kg/dia por 5 dias, ciclos a cada 15 dias, em 2012 (por quanto tempo? Desmame?).
  • H.DESENVOLVIMENTO: Sentou sem apoio aos 7 meses/ Andou aos 11 meses/ Falou “mama“ e “papa“ com 18 meses.
  • H. FAMILIAR: Pai e mãe sem comorbidades. pai: 1.63 m; A. mãe: 1.47m Alvo genético: 1.61m
  • EXAME FÍSICO Paciente em bom estado geral, aspecto bem cuidado, mucosas coradas, obeso. FC: 90 bpm FR: 14 irpm Peso: 19,5 Kg IMC: 26.98 Kg/m² Comp: 85 cm G1P1 IC: 2a 1m IO: 1a 6m (laudo) ACV: RCR, 2T, BNF, sem sopros AR: MVUA, sem RA Abd: flácido, indolor Tireóide: ausência de bócio Etiologia da Obesidade Infanto Juvenil: 99% Exógena; 1% Outras: Causas Genéticas; Doenças Endócrinas; Medicamentos; Fatores ambientais e comportamentais; Fatores epigenéticos; Viral

Nosso paciente apresentou obesidade por uso medicamentoso (corticoide), seguindo as observações abaixo:

PREDITORES DE SUPRESSÃO DO EIXO HIPOTÁLAMO-HIPÓFISEADRENAL: Potência GC; Tempo de uso; Dose GC; Via de utilização; Esquema de utilização Status eixo HHA após tratamento prolongado com GC.

O acompanhamento do paciente ocorreu com o desmame do corticoide, dieta rica em proteína, controle calórico, rica em k+ e ca+2, pobre em na+ e atividade física regular( lúdica), monitorização da curva de crescimento( até 5 anos: 3/3 meses; > 5 anos: 6/6 meses); controle clínico e laboratorial. O paciente atualmente está com 3 anos e 4 meses e IMC=16 e exames normais.

Raquel Coronato Nunes (C2), Shirlei Aiçar de Súss (C2)
Orientadora: Dra Carmen Assumpção
IEDE – Janeiro/2014
As Sessões Científicas são apresentadas às quintas-feiras, 10h no Auditório Dona Anna - IEDE.


O Centro de Estudos Jayme Rodrigues (CEA)
se localiza no Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luis Capriglione.
Rua Moncorvo Filho, 90–Centro, Sala do Centro de Estudos, 2ºandar.
Tel.: 2332-7154 R: 1193
cea.iede@saude.rj.gov.br




Associação dos Ex-Alunos do Instituto Estadual de Diabetes
e Endocrinologia Luiz Capriglione (ASSEX - IEDE)
2017. Todos os direitos reservados.